Você quer se aprofundar a área de recursos humanos, mas ainda não entendeu perfeitamente a diferença entre recrutamento e seleção? Neste post, você verá quais são as características que definem os dois!

Ter um processo bem estruturado para a entrada de novos colaboradores dentro da sua empresa é fundamental para o sucesso no mercado de hoje. Quando falamos de recrutamento e seleção, muitos podem relacionar as atividades como se fossem parte de uma mesma coisa. Não poderiam estar mais enganados.

Tanto o processo de recrutamento quanto o de seleção fazem parte de um trabalho complexo e que envolve diversos tipos de profissionais. Todas as etapas se relacionam e possuem o mesmo objetivo: trazer o candidato que melhor atenda às necessidades descritas pela vaga que foi aberta dentro da empresa.

Como muitas pessoas acabam confundindo as duas etapas e as funções dos profissionais que fazem parte das equipes de recrutamento e seleção, decidimos criar este post para que você entenda de vez a diferença entre recrutamento e seleção. Então, continue a leitura!

Navegue e entenda a diferença entre recrutamento e seleção

Diferença Entre Recrutamento E Seleção

O que é recrutamento?

Começando pelo conceito de recrutamento, que engloba a divulgação e a atração de candidatos.

O processo de recrutamento é um trabalho que visa atrair o máximo de candidatos qualificados para as obrigações de uma vaga disponibilizada pela empresa que precisa de novos colaboradores.

As técnicas de recrutamento consistem em utilizar o máximo de meios de comunicação e de divulgação de vagas para atingir esse público. Esses meios podem ser redes sociais, sites voltados para a busca de empregos, jornais regionais e até mesmo em instituições de ensino.

Existem dois tipos de recrutamento que podem ser adotados: o recrutamento interno e o recrutamento externo.

Recrutamento interno

O recrutamento interno diz respeito as vagas que serão disponibilizadas e divulgadas para um público que já faz parte da empresa e terá a chance de ser realocado em uma nova função, com outra remuneração e novos desafios. O recrutamento interno tem como foco a busca por talentos que já existem dentre os colaboradores da empresa.

Com o recrutamento interno, você consegue demonstrar para os colaboradores que há a possibilidade de crescimento e a empresa se importa com a retenção de talentos e pode ser a melhor opção para empresas que desejam valorizar seus colaboradores ou preferem pessoas que já possuem familiaridade com a rotina dentro da empresa.

Recrutamento externo

O recrutamento externo, como o nome sugere, foca seus esforços em atrair candidatos de fora do quadro de colaboradores da empresa para o preenchimento da nova vaga.

Geralmente esse é o tipo de recrutamento que consegue um maior número de candidatos, justamente por atingir um público de fora da empresa. Mas não se engane, o fato de atingir uma quantidade maior de pessoas não significa que elas não serão qualificadas – isso dependerá da experiência do recrutador em elaborar a descrição da vaga e da divulgação nos locais corretos.

Para entender a diferença entre recrutamento e seleção, vamos ao segundo item: a seleção.

O que é seleção?

Chegamos na segunda etapa: a seleção de candidatos.

Após passarem pela etapa de atração, os candidatos precisam passar por “filtros” para que o mais apto seja escolhido. Esses filtros consistem em diferentes tipos de avaliação.

Na seleção, antes de se iniciar os testes, primeiro é feito uma triagem dos currículos enviados e dos profissionais que demonstraram interesse em participar do processo seletivo. Após a eliminação dos que são considerados inadequados para o que a vaga pede, inicia-se a etapa de testes com os candidatos restantes.

Na seleção, os candidatos passarão por alguns tipos de entrevista que irão auxiliar os profissionais de recursos humanos a definirem quem exatamente se enquadra melhor na vaga. Avaliações a respeito das capacidades técnicas, avaliações psicológicas e comportamentais e avaliações do perfil do candidato se complementarão nessa etapa.

Na etapa de seleção, é comum que aconteçam pelo menos algumas dessas etapas:

  • Uma entrevista inicial, ou uma triagem, para avaliar se o candidato está dentro dos requisitos mínimos;
  • Entrevistas presenciais ou online, com a equipe de recrutamento e seleção, para conhecer melhor o candidato;
  • Testes de aptidão ou dinâmicas de grupo para avaliar as capacidades técnicas e a desenvoltura daquele profissional;
  • Por fim, é feita a entrevista com os gestores da empresa para decidir se o candidato é a melhor decisão para integrar a equipe ou não.

Como você pode ver, a etapa de seleção irá se empenhar em avaliar a experiência profissional do candidato, a sua formação, seu perfil psicológico e as habilidades dele em equipe.

Caso você queira saber mais detalhes a respeito da diferença entre recrutamento e seleção, nós recomendamos que você leia nosso post sobre O que é recrutamento e seleção de pessoas. Nele, você encontrará informações detalhadas sobre os dois processos e algumas dicas para que esse processo seja um sucesso na sua empresa!

De maneira resumida, qual é a diferença entre recrutamento e seleção?

Através da explicação nos tópicos anteriores queremos deixar claro que os dois processos são diferentes, mas se complementam.

A diferença entre recrutamento e seleção está na execução de cada uma dessas atividades, por mais que o objetivo maior das duas seja trazer um ou mais colaboradores que sejam competentes e que se enquadrem dentro da cultura organizacional da empresa.

O recrutamento é responsável pela atração dos candidatos, é um trabalho mais focado em conseguir o máximo de candidatos, se trabalha com a quantidade.

Já quando falamos de seleção, estamos falando da aplicação de testes para a contratação de um candidato específico entre aqueles que chegaram pelo processo de recrutamento – aqui, trabalhamos com a qualidade dos candidatos e do que eles podem oferecer.

Mais importante ainda do que saber a diferença entre recrutamento e seleção, é entender a necessidade de as equipes envolvidas trabalharem juntas. Uma boa comunicação entre as equipes e os gestores da empresa que deseja contratar um novo colaborador é fundamental para que ela se desenvolva de maneira saudável e para que os novos colaboradores estejam dentro do esperado e se sintam verdadeiramente integrados.

Agora que você já sabe a diferença entre recrutamento e seleção, que tal aprender mais a área?

Saber a diferença entre recrutamento e seleção é apenas o primeiro passo para que você esteja familiarizado com todas as características que envolvem este trabalho da área de Recursos Humanos. Por isso, recomendamos que você faça a leitura do nosso Guia Completo do Recrutamento e Seleção!

E se você está procurando por profissionais que possam te ajudar no processo de recrutamento e seleção da sua empresa, saiba que está no lugar certo! A Electi é uma agência de recrutamento e seleção com mais de 17 anos de experiência em Recursos Humanos e Trade Marketing e pode ser a sua maior aliada na construção de um quadro de colaboradores perfeito!

Acompanhe a Electi nas redes sociais! Siga os nossos perfis no Facebook, Instagram e LinkedIn e fique por dentro de todas as novidades.

Gostou desse conteúdo? Possui dúvidas ou sugestões de assuntos que deseja ver em nosso blog? Nos envie uma mensagem! Ficaremos extremamente felizes em conversar com você.